Conecte-se com a LIVE MARKETING

Digital

CASE: Waze e Fox Film do Brasil se unem para divulgar filme “O Poderoso Chefinho”

Publicado

em

A Fox Film do Brasil lançou o filme junto aos Wazers – usuários do aplicativo – e divulgou os cinemas onde o longa estava em exibição. Segundo pesquisa realizada pelo Waze, o cinema é o principal motivo dos usuários irem aos shoppings – as compras ficam em segundo lugar, seguidas pelos restaurantes/lanchonetes.

A comunicação aconteceu no Rio de Janeiro e em São Paulo e com dois formatos:
– Os Pins do Waze marcaram todos os shoppings onde o filme estava sendo exibido. E, sempre que uma busca pelo shopping era feita, a comunicação do filme era exibida aos usuários do aplicativo.
– Através de Zero-Speed Takeovers, anúncios que aparecem quando o carro está parado e servem como outdoors digitais. O tom mandão do personagem-título do filme foi a inspiração para criar peças de acordo com as segmentações contextualizadas com o caminho do motorista Por exemplo, a mensagem “Vá logo pra casa, Pestinha” aparecia para os motoristas que estavam no caminho de casa, e a mensagem “Você não sai do shopping sem ver meu filme antes” era mostrada para os usuários que estavam em centros de compras.

“O Poderoso Chefinho” também marcou a estreia do “Lembre-me”, um botão call-to-action do Zero-Speed Takeovers, para lançamentos de filme. Antes do lançamento, o motorista que era impactado pela mídia e pressionava o botão entrava em uma lista. Esses usuário receberam um aviso via push no dia em que o filme entrou em cartaz. Essa função serviu como um lembrete para os fãs do filme, ajudando a alavancar a bilheteria logo no primeiro final de semana de exibição.

A estratégia de divulgação contou com três fases. Confira os resultados:
Durante o pré-lançamento, a campanha alcançou mais de 1,2 milhões de pessoas em apenas quatro dias. Nesse espaço de tempo, a campanha entregou 2,5 milhões de impressões de anúncios e gerou 15 mil engajamentos.
No dia do lançamento, 12 mil notificações (pushes de avisos) foram enviados para os usuários que apertaram o botão “Lembre-me”, proporcionando um reengajamento com o público do filme.

Quando o filme já estava no cinema, os pins marcaram os locais de exibição e a campanha atingiu mais de 2 milhões de pessoas, entregando 25 milhões de impressões de anúncios, e 46 mil navegações para cinemas e shoppings que estavam exibindo o filme.

Os números de “O Poderoso Chefinho” mostram a força do Waze como uma mídia relevante para o segmento de entretenimento. Com publicidade nativa e geolocalizada, o aplicativo é uma das principais plataforma de comunicação com os consumidores em trânsito e tem em sua carteira de clientes a seguradora Sulamérica, Ipiranga e McDonald’s.

Continue lendo

Digital

Agência3 assina projeto digital sobre sustentabilidade para DOW

Publicado

em

Diálogos Mais Sustentáveis é uma plataforma de conteúdo criada pela Agência3 para DOW, empresa líder em ciência dos materiais, com o objetivo de discutir os desafios mais críticos que envolvem a sustentabilidade na América Latina e propor ações de impacto positivo. A ideia é que seja um espaço de compartilhamento de informações e de parceria com a sociedade para a construção de um mundo mais sustentável. A Dow oferece produtos e soluções de base científica para mercados importantes como embalagens, infraestrutura e cuidados do consumidor.

A agência fornecerá conteúdo digital para reforçar a comunicação com vários públicos e dar visibilidade ao projeto, reforçando o compromisso da marca com a sustentabilidade. Entre as metas da empresa estão a redução das emissões anuais de carbono até alcançar a neutralidade em 2050, investir em tecnologia para reciclagem de plásticos e até 2035 oferecer 100% de produtos reutilizáveis ou recicláveis nas aplicações de embalagens.

“A intenção é, por meio do nosso hub de conteúdo, abrir um espaço de conversa que amplie o conhecimento para reforçar as mudanças em nome da sustentabilidade”, diz Willian Rocha, Diretor de Conexões da Agência3.

Continue lendo

Digital

Estácio é o novo cliente da Raccoon

Publicado

em

A agência de marketing digital Raccoon assume a conta da Estácio, um dos maiores players de educação superior no Brasil, com uma enorme presença nacional. Entre outras ações, o escopo de trabalho da agência envolve gestão, performance (mídias pagas, web analytics e design) e criação de conteúdo digital (conteúdo, CRM, CRO, SEO e Front End). A parceria entre as empresas teve início em dezembro de 2020.

De acordo com André Palis, sócio-fundador da Raccoon, a conta da Estácio era um desejo antigo da empresa e um enorme desafio para a equipe. “Trata-se de um projeto bastante profundo. O segmento educacional é muito concorrido, os players do setor têm uma presença forte e intensa no ambiente online, de modo que o nível de trabalho tem que ser bem elevado”, afirma.

Continue lendo

Digital

Com estratégia Reamp e soluções para aplicativo do Google e Facebook, Movida transforma app em um dos principais geradores de negócios

Publicado

em

O uso de aplicativos para serviços automotivos apresenta grande crescimento no Brasil: segundo o eMarketer, até 2019, a popularidade desse serviço entre os donos de smartphones cresceu a uma taxa de 15% por ano, desde 2017. Foi percebendo essa oportunidade que a Reamp, adquirida pelo digital partner global Jellyfish em 2020, e a Movida Aluguel de Carros, locadora de veículos que oferece soluções inovadoras em mobilidade urbana para todo tipo de necessidade, criaram um projeto de otimização de aplicativo com tecnologia Google que transformou a performance nesse canal. O projeto contou, ainda, com o estudo direcionado sobre Aumento de Conversão do Facebook, com otimização da campanha também pela rede social.

O projeto, que ganhou ainda mais visibilidade com mudanças necessárias provocadas pela pandemia de COVID-19, começou com uma análise simples: a observação de que o site concentrava todas as conversões online, enquanto o app, que oferece praticidade e rápido acesso, gerava somente visitas, não conversões. “Era uma questão de centralizar a ciência de dados em mensuração e direcionamento de campanha. Com o aplicativo otimizado para compra, restava entender como engajar o usuário e apresentar para ele a oferta oportunamente”, contou Charles Sperandio, CMO da Movida.

A solução da Reamp foi simples: centralizar a mensuração no Analytics Firebase, do Google, e enviar, por lá, notificações via push de acordo com variantes como clima, audiência mais responsiva e geografia. “A ferramenta do Firebase, nesse contexto, acaba sendo essencial para a estratégia de crescimento, centralizando as informações sobre o app em um só lugar e permitindo uma mensuração mais precisa de desempenho, possibilitando ajustar estratégias em tempo real”, comenta Gustavo Galli, Gerente de Parcerias do Google.

A aferição do valor da otimização de social, feita em parceria com o Facebook, calculou o incremento das vendas – um método conhecido como Conversion Lift. Foi possível observar que, dentro das campanhas de social, a pesquisa foi fundamental e revelou tanto a importância da campanha na rede social (responsável pelo aumento do ROAS – Retorno Sobre o Investimento Publicitário – em mais de cinco vezes), quanto da sedimentação da mensagem pelo multicanal – contribuindo, também para as compras feitas dentro do aplicativo. Em resumo, a nova estratégia da Movida no Facebook, com uma estrutura de conta mais simples e ferramentas disponíveis no próprio aplicativo, aumentou o número de pessoas interessadas em seus serviços.

Para a empresa digital, o sucesso veio de uma convergência de fatores. “Foi importante a nossa percepção do aplicativo, mas também a estratégia de centralização, organização e ativação dos dados de usuário. No fim, o que conseguimos foi contextualizar o aplicativo dentro da jornada de compra e torná-lo relevante para o usuário no contexto dele, coordenando as táticas de App+Site. Quanto à estratégia de push, só no primeiro mês de disparos, o número de reservas aumentou 17% e o número de aberturas do app cresceu 48%. É uma média de aumento de 69% em aberturas do aplicativo e 20% em reservas a cada disparo. Pensando na estratégia geral, em apenas quatro meses, a participação de investimento nas campanhas de app aumentou de 5% para 44%, enquanto as reservas passaram de 9% para 59%.”, conclui Adones Duarte, da Reamp.

Continue lendo

Tendências

Copyright © 2021 Revista Live Marketing. Todos os Direitos Reservados.