Conecte-se com a LIVE MARKETING

Empresa

WeWork promove WeWork for Good para apoiar organizações em tempos de COVID-19

Publicado

em

A WeWork está promovendo globalmente a iniciativa WeWork for Good, projeto que busca contribuir com espaço de trabalho para organizações sem fins lucrativos e entidades governamentais elegíveis que estejam desempenhando um papel ativo no suporte à saúde pública – sejam elas membros ou não membros da WeWork. Neste momento tão desafiador, a empresa busca apoiar quem está na linha de frente dessa luta, dando um novo propósito aos seus espaços.

Uma das organizações beneficiadas é a Associação Médicos do Mundo, que realiza atendimentos médicos a pessoas em situação de rua e seus animais. “Montamos uma força-tarefa para fazer o pré-diagnóstico e monitorar a disseminação da doença nas ruas, por meio de atendimentos quinzenais com serviço de triagem, enfermaria, farmácia, doações de kits de higiene, máscaras, alimentos, e laboratório com testes rápidos para diversas doenças, explica Carla Strafacci, diretora de comunicação e marketing da associação. Segundo ela, apesar de a organização ainda não ter tido acesso aos testes para COVID-19, cerca de mil pessoas já foram atendidas e aquelas com suspeita de contaminação foram encaminhadas para unidades do SUS.

O BrazilLAB, hub govtech que busca impulsionar a cultura de inovação no setor público brasileiro, e que já era membro da WeWork em São Paulo, também passará a usufruir do benefício da iniciativa. “Para nós, é muito importante apoiar de forma inovadora no enfrentamento da pandemia no Brasil. Por isso, estamos lançando uma força-tarefa que irá capacitar e conectar soluções produzidas por startups ao setor público. São tecnologias na área de saúde, educação, trabalho e digitalização que serão fundamentais para combatermos, conjuntamente, os problemas socioeconômicos trazidos pelo contexto atual”, afirma a fundadora da organização, Letícia Piccolotto.

Para se candidatar à participação na iniciativa WeWork for Good, a organização deve preencher um formulário online disponível no site we.co/weworkforgood, comprovando ser uma ONG ou entidade governamental e explicando de que forma contribui para o combate ao COVID-19. O benefício é válido até o dia 31 de Julho.

Em meio à pandemia, a WeWork busca, também, reconhecer o esforço de diversas empresas cujas atividades são essenciais para a sociedade neste momento de pandemia e de quem se orgulha de contar em sua Comunidade. No Brasil, um exemplo é a Sejunta, membro do WeWork Labs, que desenvolve ações de tecnologia da informação para escolas e oferece formação em educação continuada para professores.

Com a suspensão de aulas presenciais em escolas de todo o país, a Sejunta decidiu apoiar professores que, de uma hora para a outra, tiveram que lidar com o ensino remoto, por meio do Guia do professor para atividades desplugadas, que conta com 323 planos de aula para educação infantil e ensino fundamental I e II. “Adaptamos os nossos materiais para que pudessem ser utilizadas por qualquer professor, sem o uso da tecnologia com a qual trabalhamos”, explica Guilherme Camargo, fundador e CEO da Sejunta. Além disso, a startup disponibilizou gratuitamente seu serviço de agendamento, para que os educadores possam tirar dúvidas sobre como aplicar o conteúdo, novas ideias sobre metodologias, ou até para discutir alguma aula específica. O guia, disponível na bio do instagram da Sejunta, já foi utilizado por pelo menos 520 professores, de cerca de 120 escolas, gerando impacto positivo para mais de 10 mil estudantes.

“Enquanto o mundo navega os desafios e incertezas trazidas pela pandemia do COVID-19, a WeWork reforça o seu compromisso de apoiar suas empresas membro, governos locais e ONGs que estão trabalhando incansavelmente para prover os mais diversos recursos àqueles que precisam”, disse Sandeep Mathrani, CEO global da empresa.

Líder global em espaços de trabalho, com 739 unidades em 140 cidades e 37 países, a WeWork está posicionada de maneira única para abrir as portas a entidades governamentais e ONGs para fornecer-lhes o espaço e recursos de que necessitam para melhor apoiar populações locais durante este período desafiador.

Continue lendo
Clique para comentar

Notice: Undefined variable: user_ID in /home/u643633366/domains/staging.com.br/public_html/livemarketing/wp-content/themes/zox-news/comments.php on line 49

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Empresa

Ao completar 100 anos, Farinha Láctea Nestlé traz latas colecionáveis

Publicado

em

Com mais de 150 anos de existência no mundo, Farinha Láctea Nestlé continua trazendo surpresas para seus consumidores. A fórmula original foi inventada em 1866 por Henri Nestlé, na Suíça. Ele misturou farinha de trigo, açúcar e leite integral para ser dissolvido em água. O produto chegou ao Brasil nove anos depois e desde então faz parte da história de gerações.

Ao completar cem anos da fábrica de Nestlé no Brasil, a icônica marca traz 3 latas litografadas colecionáveis inspiradas na fauna e flora ao redor do mundo: Oceania, Floresta Amazônica e Savana Africana, com atividades para os pais fazerem com seus filhos.  A edição limitada é fruto da parceria com a FutureBrand São Paulo, e traz de uma forma divertida o aprendizado às embalagens com atividades e curiosidades sobre cada localidade. 

“Farinha Láctea é o precursor de tudo que a Nestlé é hoje, já que foi o primeiro produto criado por nosso fundador Henri Nestlé. No País, está presente desde 1876 e, hoje, já está presente nos lares brasileiros há pelo menos 4 gerações. Ao comemorar o centenário de Nestlé no Brasil, estamos reforçando a cada nova iniciativa o propósito de uma marca comprometida com desenvolvimento das crianças, seja ao fornecer produtos de alto valor nutricional e que as ajudam a preparar para o futuro, seja ao propor atividades que estimulem o aprendizado e o convívio entre crianças e seus pais”, comenta Rodrigo de Marchi, Head de Marketing dos Cereais Nestlé. 

A curiosidade desenvolve. Esse foi o conceito adotado pela marca para a criação das latas litografadas. Matheus Calderoni, designer na FutureBrand São Paulo, revela: “Trouxemos perguntas e respostas para entreter e educar as crianças por meio de ilustrações de diferentes universos como a fauna e a flora”. Além de cuidar do desenvolvimento infantil, os cenários ricos em elementos e detalhes despertam o desejo do consumidor para realmente colecionar e utilizar a embalagem posteriormente. 

As latas colecionáveis estão sendo vendidas dede Janeiro’21 e estão disponíveis nos principais varejistas do País.

Matéria publicada no portal de notícias AdNews. Se quiser mais informações sobre o mundo da publicidade e do marketing acesse: https://adnews.com.br/

Continue lendo

Empresa

OMO, Santander e Hellmann’s são as marcas que mais investem em influenciadores no Brasil

Publicado

em

Um amplo estudo nacional, realizado pela Socialbakers, revela o desempenho das empresas brasileiras que mais trabalharam com influenciadores.

A marca de produtos de limpeza OMO conquistou o topo do ranking de marcas que mais colaboram com influenciadores no período, com 171 perfis fazendo 247 menções da marca. Em segundo lugar está o banco Santander com 120 produtores de conteúdo e 176 citações.

Sobe ao pódio também a Hellmann’s, com 96 influenciadores que mencionaram a marca 216 vezes. Ainda ficaram top 5 a Natura com 89 perfis e 246 menções, bem como a empresa de produtos de beleza e cuidados Nivea com 76 influenciadores e 93 citações.

Para Alexandra Avelar, country manager da Socialbakers, o uso de influenciadores pelas marcas requer uma percepção para que seja destinada ao público certo. “Os seguidores estão tendo uma aproximação maior com os formadores de opinião e, com isso, também se eleva o nível de exigência deles. Sendo assim, é muito importante que os influenciadores entendam o seu público e que as marcas percebam quais são os formadores de opinião que estão mais alinhados e combinam melhor com o perfil delas.”

O relatório ainda revelou que no quarto trimestre de 2020 a hashtag #ad foi usada em 5.721 postagens no Brasil, uma alta de 40,5% em relação ao trimestre anterior. Apesar do aumento em comparação com os meses anteriores, houve uma queda de 7,44% comparando os meses de outubro, novembro e dezembro de 2020 com o mesmo período de 2019. Essa diminuição não ocorreu somente no Brasil, mas quando comparamos globalmente a queda foi ainda maior, de 17,6% no uso da hashtag #ad.

Segundo o levantamento, também houve um desempenho positivo de algumas marcas no trabalho com produtores de conteúdo, com destaque para Knorr, Sorriso, Sadia, Açúcar União e Protex. O resultado é o cálculo da média de interações na postagem de um influenciador que menciona a empresa em comparação com uma postagem publicada pela própria marca.

O estudo da Socialbakers levou em consideração o trabalho das marcas com o marketing de influência no Instagram no quarto trimestre de 2020. Todo o estudo foi feito com base nas interações do Brasil.

Matéria publicada no portal de notícias AdNews. Se quiser mais informações sobre o mundo da publicidade e do marketing acesse: https://adnews.com.br/

Continue lendo

Empresa

Morana lança campanha para o mês das mulheres, com equipe 100% feminina e com playlist especial para as lojas

Publicado

em

A Morana, rede de acessórios com lojas em mais de 100 cidades brasileiras, lança a campanha “Nossa história não existiria sem elas” para o mês das mulheres.

A ação, criada por um time 100% feminino convocado por meio das redes sociais, conta a narrativa de quatro mulheres que tem em suas histórias emoções diferentes e um sentimento em comum: a história delas se cruza com a história da Morana, elas dão vozes às mulheres Morana e a mensagem fica clara: a marca se faz presente na vida delas e elas fazem a marca ser o que é.

“A Morana é uma marca que apoia e investe na força feminina, no mercado de trabalho e tem o feminino como ponto central em tudo que faz”, conta Nara Dutra, Gerente de Marketing.

Como apoio à campanha e o fortalecimento dessa narrativa, a 2id Music Branding, agência responsável pelo DNA musical da marca e experiência sonora das lojas Morana, também convocou as mulheres que trabalham com curadoria musical em sua equipe para criar uma playlist apenas com intérpretes femininas, a “Músicas por Elas”.

Nessa playlist especial estão presentes nomes como Nina Simone, Madonna, Elis Regina, Rita Lee, Elza Soares e também artistas que inspiram as novas gerações, como Billie Eilish, Clarice Falcão, Ana Vilela, entre outras centenas. Deste modo, a programação musical das mais de 250 lojas da marca terá apenas intérpretes femininas durante o mês das mulheres.

“Colaborar com a Morana, uma marca tão especial, em uma campanha criada por uma equipe 100% feminina, torna ainda mais gratificante. Certamente as consumidoras Morana sentirão essa emoção ao visitar uma loja da marca e isso demonstra que a música vai além de um apoio de campanha… Isso reforça ainda mais que a música pode dar voz.”, completa Danrley Calabrezi, CEO da 2id Music Branding.

A campanha “Nossa história não existiria sem elas” é um convite para se emocionar, para unir e para celebrar tudo que significa ser mulher.

Continue lendo

Tendências

Copyright © 2021 Revista Live Marketing. Todos os Direitos Reservados.