Conecte-se com a LIVE MARKETING

Digital

Youse aumenta conversão em 23% ao investir em digital com tecnologias Adobe

Publicado

em

Com as soluções Adobe, plataforma de venda de seguros online da Caixa Seguradora elevou performance dos negócios e experiências de usuários com redução de taxa de rejeição nas landing pages em 25%

Adobe Audience Manager colaborou para salto – de 43% para 91% – da escala de combinação de dados proprietários da Youse com os dados secundários e de terceiros para segmentação assertiva de audiência

A busca por seguros, de qualquer modalidade, sempre foi uma atividade que dependia de uma desgastante pesquisa e análise até encontrar aquele que era considerado o mais adequado ao perfil do segurado. Essa jornada se tornou muito mais dinâmica com o surgimento da Youse, plataforma de venda de seguros online da Caixa Seguradora, que – em parceria com a Adobe – elevou o sarrafo da experiência na contratação de seguros por meio de canais 100% digitais com a adoção de tecnologias de marketing para a entrega de ofertas personalizadas.

Com pouco mais de 1 ano do início de suas operações, a Youse nasceu para operar exclusivamente no ambiente online. Entretanto, dentro do objetivo totalmente disruptivo de oferecer apólices customizadas para as necessidades de cada cliente, o começo foi marcado por desafios estruturais na proposta de relacionamento digital com o público. O grande salto nos negócios da Youse começou a ser dado no início de 2017, quando conheceu as tecnologias Adobe Audience Manager e Adobe Experience Manager (AEM), que integram a plataforma Adobe Experience Cloud. Após a implementação das soluções, entre março e abril, a empresa viu a taxa de conversão aumentar 23%.

“No nosso primeiro ano de operações, notamos que em nossas ativações de mídia havia uma perda significativa na combinação de nossos dados proprietários com os second e third-party data. Assim, a resposta do público às nossas campanhas digitais não era satisfatória. Ao mesmo tempo, a personalização de nossas páginas era estática: em seguros de automóveis, por exemplo, era um site para cada modelo de carro. Sentíamos necessidade de ganhar escala na elaboração das landing pages para aproveitar melhor nossos ativos digitais e os dados à disposição”, relata Mateus Lopes, especialista de Business Intelligence da Youse.

Essas dificuldades, segundo Lopes, foram vencidas com a implementação das soluções Adobe. Com o Audience Manager, plataforma de gerenciamento de dados (DMP, na sigla em inglês) da Adobe, a Youse viu a escala de combinação de dados proprietários com dados secundários e de terceiros saltar de 43% para 91%.

“Esse nível de eficiência que foi entregue pelo Audience Manager nos deu agilidade, reduzindo o time-to-action, sobretudo por ser uma solução agnóstica, o que permitia imputar os dados de ferramenta de analytics de outro parceiro”, observa Mateus Lopes. Com essa nova realidade, a oferta de um seguro auto, por exemplo, permitiu cruzar com assertividade dados do negócio (modelo do carro, CEP, ano, idade etc.), que interferem na precificação da apólice, com dados de comportamento (canal de aquisição, operadora etc.). “A experiência se tornou muito mais positiva e relevante para o cliente. Passamos a ter insumos suficientes para saber qual conteúdo entregar, quando e por qual meio ativar o consumidor”, completa.

Já para as landing pages, segundo o especialista da Youse, a integração nativa do Adobe Audience Manager com o Adobe Experience Manager foi fundamental. “O projeto da Youse é conduzido por uma cultura orientada por dados. A sinergia entre as duas soluções da Adobe permitiu maior conhecimento da nossa audiência e estabelecer uma comunicação personalizada, independentemente da posição dele na jornada de compra”, destaca.

Além da conversão 23% maior registrada após a parceria com a Adobe, a comunicação da Youse – seja pelo investimento em mídia, seja nas suas landing pages – também passou a ser muito mais atrativa para os clientes. A taxa de rejeição ao site (associada ao tempo de permanência nele) foi reduzida em 25%, ao mesmo tempo em que o gerenciamento de conteúdo e ativos digitais via Experience Manager diminuiu o tempo de carregamento das páginas em 12 segundos.

“Hoje, com o desenvolvimento de tecnologias digitais, os consumidores conversam ainda mais com as marcas, que têm de saber ouvi-los e acompanhar o ritmo desse diálogo. Nesta parceria com a Adobe, passamos a aproveitar todas as relações que existem durante a jornada para incrementar a experiência. E o mais interessante é que, no caso da DMP da Adobe, o Audience Manager, usamos para além da programática, em total sinergia com o Experience Manager, numa prática não tão comum no mercado”, conclui Lopes.

Continue lendo

Digital

Agência3 assina projeto digital sobre sustentabilidade para DOW

Publicado

em

Diálogos Mais Sustentáveis é uma plataforma de conteúdo criada pela Agência3 para DOW, empresa líder em ciência dos materiais, com o objetivo de discutir os desafios mais críticos que envolvem a sustentabilidade na América Latina e propor ações de impacto positivo. A ideia é que seja um espaço de compartilhamento de informações e de parceria com a sociedade para a construção de um mundo mais sustentável. A Dow oferece produtos e soluções de base científica para mercados importantes como embalagens, infraestrutura e cuidados do consumidor.

A agência fornecerá conteúdo digital para reforçar a comunicação com vários públicos e dar visibilidade ao projeto, reforçando o compromisso da marca com a sustentabilidade. Entre as metas da empresa estão a redução das emissões anuais de carbono até alcançar a neutralidade em 2050, investir em tecnologia para reciclagem de plásticos e até 2035 oferecer 100% de produtos reutilizáveis ou recicláveis nas aplicações de embalagens.

“A intenção é, por meio do nosso hub de conteúdo, abrir um espaço de conversa que amplie o conhecimento para reforçar as mudanças em nome da sustentabilidade”, diz Willian Rocha, Diretor de Conexões da Agência3.

Continue lendo

Digital

Estácio é o novo cliente da Raccoon

Publicado

em

A agência de marketing digital Raccoon assume a conta da Estácio, um dos maiores players de educação superior no Brasil, com uma enorme presença nacional. Entre outras ações, o escopo de trabalho da agência envolve gestão, performance (mídias pagas, web analytics e design) e criação de conteúdo digital (conteúdo, CRM, CRO, SEO e Front End). A parceria entre as empresas teve início em dezembro de 2020.

De acordo com André Palis, sócio-fundador da Raccoon, a conta da Estácio era um desejo antigo da empresa e um enorme desafio para a equipe. “Trata-se de um projeto bastante profundo. O segmento educacional é muito concorrido, os players do setor têm uma presença forte e intensa no ambiente online, de modo que o nível de trabalho tem que ser bem elevado”, afirma.

Continue lendo

Digital

Com estratégia Reamp e soluções para aplicativo do Google e Facebook, Movida transforma app em um dos principais geradores de negócios

Publicado

em

O uso de aplicativos para serviços automotivos apresenta grande crescimento no Brasil: segundo o eMarketer, até 2019, a popularidade desse serviço entre os donos de smartphones cresceu a uma taxa de 15% por ano, desde 2017. Foi percebendo essa oportunidade que a Reamp, adquirida pelo digital partner global Jellyfish em 2020, e a Movida Aluguel de Carros, locadora de veículos que oferece soluções inovadoras em mobilidade urbana para todo tipo de necessidade, criaram um projeto de otimização de aplicativo com tecnologia Google que transformou a performance nesse canal. O projeto contou, ainda, com o estudo direcionado sobre Aumento de Conversão do Facebook, com otimização da campanha também pela rede social.

O projeto, que ganhou ainda mais visibilidade com mudanças necessárias provocadas pela pandemia de COVID-19, começou com uma análise simples: a observação de que o site concentrava todas as conversões online, enquanto o app, que oferece praticidade e rápido acesso, gerava somente visitas, não conversões. “Era uma questão de centralizar a ciência de dados em mensuração e direcionamento de campanha. Com o aplicativo otimizado para compra, restava entender como engajar o usuário e apresentar para ele a oferta oportunamente”, contou Charles Sperandio, CMO da Movida.

A solução da Reamp foi simples: centralizar a mensuração no Analytics Firebase, do Google, e enviar, por lá, notificações via push de acordo com variantes como clima, audiência mais responsiva e geografia. “A ferramenta do Firebase, nesse contexto, acaba sendo essencial para a estratégia de crescimento, centralizando as informações sobre o app em um só lugar e permitindo uma mensuração mais precisa de desempenho, possibilitando ajustar estratégias em tempo real”, comenta Gustavo Galli, Gerente de Parcerias do Google.

A aferição do valor da otimização de social, feita em parceria com o Facebook, calculou o incremento das vendas – um método conhecido como Conversion Lift. Foi possível observar que, dentro das campanhas de social, a pesquisa foi fundamental e revelou tanto a importância da campanha na rede social (responsável pelo aumento do ROAS – Retorno Sobre o Investimento Publicitário – em mais de cinco vezes), quanto da sedimentação da mensagem pelo multicanal – contribuindo, também para as compras feitas dentro do aplicativo. Em resumo, a nova estratégia da Movida no Facebook, com uma estrutura de conta mais simples e ferramentas disponíveis no próprio aplicativo, aumentou o número de pessoas interessadas em seus serviços.

Para a empresa digital, o sucesso veio de uma convergência de fatores. “Foi importante a nossa percepção do aplicativo, mas também a estratégia de centralização, organização e ativação dos dados de usuário. No fim, o que conseguimos foi contextualizar o aplicativo dentro da jornada de compra e torná-lo relevante para o usuário no contexto dele, coordenando as táticas de App+Site. Quanto à estratégia de push, só no primeiro mês de disparos, o número de reservas aumentou 17% e o número de aberturas do app cresceu 48%. É uma média de aumento de 69% em aberturas do aplicativo e 20% em reservas a cada disparo. Pensando na estratégia geral, em apenas quatro meses, a participação de investimento nas campanhas de app aumentou de 5% para 44%, enquanto as reservas passaram de 9% para 59%.”, conclui Adones Duarte, da Reamp.

Continue lendo

Tendências

Copyright © 2021 Revista Live Marketing. Todos os Direitos Reservados.